Jesus não marcou pelos milagres que fez, Ele marcou pelos milagres que não fez!

(Entenda lendo até o fim)

Estes dias estive lendo sobre a crucificação de Jesus, e fiquei admirado ao analisar a fé do ladrão da cruz, ele não conheceu um Jesus que ressuscitava mortos, nem que andava sobre as águas, nem que multiplicava pães. Ele foi capaz de crer num Jesus que agonizava e gemia na cruz. Então, eu fiz um pergunta para mim mesmo, será que Jesus teria provocado uma revolução no mundo mesmo se ele nunca tivesse operado milagres? Tente imaginar Jesus, sem andar sobre as águas, sem operar maravilhas, sem curar doentes. Se ele se abstivesse de todo o seu poder, será que mesmo assim, ele seria admirado no mundo todo? Será que sem operar nenhum milagre Jesus teria causado a revolução que causou? Fiquei pensando a respeito disto e cheguei à conclusão de que mesmo que não tivesse operado nenhum milagre, ainda assim, Jesus teria revolucionado e dividido o mundo e conquistado o coração das multidões! O leitor pode perguntar: “Como você pode ter tanta certeza”? A resposta é simples, Jesus não marcou o mundo pelos milagres que fez, Ele marcou pelos milagres que não fez!

Vamos pensar no primeiro homem que pisou na lua, foi um feito extraordinário, mas será que ele será lembrado, depois de 2 mil anos? Certamente que não! Ele nem tem seguidores e muito menos dividiu o mundo. Alguns homens tiveram realizações memoriosas, mas não revolucionaram o mundo. Mas e Jesus, o que ele fez? Ora, ele apenas morreu numa cruz. Antes de ser preso, Jesus era visto como um super herói, tanto é que quando os soldados vieram prendê-lo, Pedro se apressou e cortou a orelha do soldado, o que passou na cabeça de Pedro para fazer isto? Certamente, Pedro pensou: “Jesus é invencível, se ele acalmou a tempestade, então ninguém poderá detê-lo, quando os soldados vierem contra mim e vai fazer um migre e pronto.” Mas Pedro perdeu a coragem, quando percebeu que Jesus não pretendia fazer nada, mas simplesmente se entregar, então Pedro ficou com medo e negou a Jesus 3 vezes.

No julgamento, mas uma vez Jesus poderia ter feito um milagre e não fez. E quando estava pregado na cruz, mais uma vez foi tentando a fazer outro milagre: …e dizendo:

“Você que destrói o templo e o reedifica em três dias, salve-se! Desça da cruz, se é Filho de Deus! ” (Mateus 27:40)

E outra vez, Jesus se recusou a fazer um milagre, embora tivesse o poder de descer da cruz quando quisesse.

Como você pode ver caro leitor, Jesus foi magnifico pelos milagres que ele fez, e foi ainda mais magnifico pelos milagres que não fez. O leitor pode perguntar: Quantos homens fizeram revoluções politicas e hoje foram esquecidos, mas Jesus não fez o que se esperava, não foi coroado a rei, apenas morreu numa cruz.

“Pastor, qual é a conclusão de tudo isto?” A resposta é simples; mesmo quando não estiver vivendo milagres, acredite, Jesus continua sendo Deus, não permita que o sentimento de que Jesus te abandonou tome conta da sua mente, se Ele acalmar a tempestade Ele é Deus, e se não acalmar Ele continua sendo Deus. Jesus é poderoso para operar milagres, para curar, para ressuscitar, para restaurar, mas haverá momentos em que você vai viver dias de dificuldades e por algum momento vai parecer que Jesus te abandonou, mas continue crendo Ele é Deus de milagres, e continua sendo Deus mesmo quando está em silencio. Ele morreu, ficou 3 dias em silencio, mas depois ressuscitou com uma gloria ainda maior. Creia, confie, mesmo apesar do silencio, em algum momento este silencio será quebrado.

Ainda que ele me mate, nele esperarei; contudo os meus caminhos defenderei diante dele. (Jó 13:15)

Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.

E depois de consumida a minha pele, contudo ainda em minha carne verei a Deus. (Jó 19:25-26)

Na fé, Bispo Dario Garcia